Os nossos filhos amam os professores! Mas há uma explicação...

Este é um tipo de amor que nos deixa divididos. Se por um lado, a alma fica mais tranquila quando sabemos que os nossos filhos adoram ir para a escola e sentem carinho e afecto pelos professores (e até mesmo funcionários)…por outro lado desperta uma pontinha ciúme, porque aquelas pessoas que ‘não são nada aos nossos filhos’ passam mais tempo com eles, sabem (tantas vezes) mais detalhes da vida dos nossos filhos do que nós, que somos os pais. Ultrapassada esta barreira, tranquiliza-nos saber que aquelas pessoas que ‘não são nada aos nossos filhos’ os tratam tão bem quanto nós e que os nossos filhos são, verdadeiramente, amados, por quem os rodeia.

No entanto, a maioria de nós recorda, com saudade, o professor da escola primária ou até mesmo no tempo da pré-escola. E isto tem uma explicação!

O ser humano é social, por natureza, e as pessoas realmente importantes na nossa vida são aquelas que, com real e sincero interesse são capazes de nos ouvir/dar atenção e nos devolver conselhos, críticas, reflexões e as mais diversas emoções. E é aqui que a escola assume um papel essencial na formação de uma criança: hoje criança, amanhã adulto. A escola produz alterações comportamentais e contribui para a fixação de valores e ideais.

A criança, ao entrar na escola, passa a interagir com o meio social, construindo relações afetivas, diferenciando-se do outro, e formando a estrutura do seu eu.

O professor assume um papel de destaque na aprendizagem da criança, pois ele é o mediador nesse processo e, não APENAS e EXCLUSIVAMENTE , o detentor do conhecimento e do saber. Por meio da afetividade, o educador influencia no resultado da educação dos seus alunos. A maneira como o professor se comporta na sala de aula, através dos seus sentimentos, intenções, desejos e valores, afeta diretamente os seus alunos. Uma coisa tão simples como – a forma como fala com os seus alunos -, pode fazer toda a diferença. Sendo assim, o respeito, a amizade e a compreensão as principais variáveis envolvidas neste processo.

Para exercer as suas funções, o professor deve aprender a combinar autoridade, respeito e afetividade, ao mesmo tempo que estabelece as normas, deixando bem claro o que espera dos alunos, e respeita a individualidade e a liberdade que eles têm possibilitando-lhes desenvolver o senso de responsabilidade.

A conduta do professor influencia na motivação, afetividade e dedicação do aluno em relação ao processo de aprendizagem. A forma como o aluno sente que é visto pelo professor interfere e determina a sua relação com o conhecimento e a aprendizagem. É muito importante que o professor reforce a autoconfiança dos alunos, mantendo com eles uma atitude de cordialidade e respeito.

E são estes sentimentos de motivação, afectividade, dedicação, cordialidade, liberdade, entre outros, que fazem com que as crianças estabeleçam vínculos afectivos com os seus professores. Muitas vezes, sentem-se mais compreendidos e integrados quando estão na presença dos professores…muito mais do que com os pais.

Mas, ainda bem que assim o é. Crianças felizes e integradas serão melhor preparadas para a vida, tornando-se melhores adultos.

Se quiserem, partilhem connosco a história da relação dos vossos filhos com os seus professores. E a vossa relação com os professores, como é?

Sabia que?

Muitas das “minhas mães” perguntam-me o que devem fazer no Natal e nas festas em relação às rotinas dos seus filhos. Quem me conhece através das consultas, dos meus livros ou das palestras e workshops sabe que sou fã de rotinas.

Lisboa

Chocolate em Lisboa com animação para os Pequenotes

Chocolate em Lisboa com animação para os Pequenotes

Quando: 01 a 04 de fevereiro
Onde: Praça do Campo Pequeno, Lisboa

Mais informações

Oeiras BRInCKa LEGO Fan Event está de Volta!

Oeiras BRInCKa LEGO Fan Event está de Volta!

Quando: 10 a 13 de fevereiro
Onde: Pavilhão Leões Porto Salvo, Rua Basílio Teles, Porto Salvo

Mais informações

Assalto às Lancheiras – A Peça Mais Saudável do Ano em Lisboa

Assalto às Lancheiras – A Peça Mais Saudável do Ano em Lisboa

Quando: até 18 de fevereiro
Onde: Teatro Tivol BBVAi, Avenida da Liberdade, Lisboa

Mais informações

Porto

Criança traz adulto | Mascara-te! | Programa para famílias

Criança traz adulto | Mascara-te! | Programa para famílias

Quando: 04 de fevereiro
Onde: Rua de Vila Franca, 134, 4450 Leça da Palmeira

Mais informações

Assalto às Lancheiras – A Peça Mais Saudável do Ano no Porto

Assalto às Lancheiras – A Peça Mais Saudável do Ano no Porto

Quando: a partir de 19 de fevereiro
Onde: Exponor, Leça da Palmeira, Porto

Mais informações

Xana Toc Toc – Espectáculo “Na Selva”

Xana Toc Toc – Espectáculo “Na Selva”

Quando: 25 de fevereiro
Onde: Coliseu do Porto

Mais informações