Martinho era um valente soldado romano que estava a regressar de Itália para a sua terra, algures em França. Montado a cavalo estava a passar num caminho para atravessar uma serra muito alta, chamada Alpes e estava muito, muito frio, vento e mau tempo.

Martinho estava agasalhado normalmente para a época: tinha uma capa vermelha, muito habitual entre os soldados romanos.

De repente, aparece-lhe um homem muito pobre, vestido de roupas já velhas e rotas, cheio de frio, que lhe pediu esmola.

Infelizmente, Martinho não tinha nada para lhe dar. Então, pegou na espada, levantou-a e deu um golpe na sua capa. Cortou-a ao meio e deu metade ao pobre.
Nesse momento, de repente, as nuvens e o mau tempo desapareceram. Parecia que era Verão! Foi como uma recompensa de Deus a Martinho por ele ter sido bom.

É por isso que todos os anos, nesta altura do ano, mesmo sendo Outono, durante cerca de três dias o tempo fica melhor e mais quente: é o Verão de São Martinho.

São vários os provérbios sobre o São Martinho e o dia é festejado um pouco por toda a Europa.

Nesta altura, o cheiro a castanha assada inunda as ruas e os magustos são o tipo de festejo mais frequente deste dia.

Grupos de amigos ou famílias, juntam-se à volta de uma fogueira, onde se assam castanhas ou bolotas, para comer e beber jeropiga, água-pé ou vinho novo.
Nas escolas, além do tradicional magusto, ainda se podem cantar canções de castanhas ou o teatro de São Martinho.

Canções de castanhas: Todos os miúdos, pelo menos os mais pequeninos, cantam músicas das castanhas na escola, por esta altura.

Teatro de São Martinho: E que tal uma peça de teatro, a contar a lenda do São Martinho? Feita em casa, com ajuda dos mais novos e dos pais, com adereços simples e nada de muito complicado. Afinal, basta uma capa vermelha, um cavalo e uma espada de brincar e alguém disposto a fazer de mendigo. Não é propriamente uma tradição antiga, mas pode tornar-se uma boa tradição de família para todos os Dias de São Martinho que temos pela frente.

Mas por esta se tratar de uma festividade tão apreciada pelos miúdos e famílias, acaba por ser uma efeméride que se festeja por mais dias ao longo de todo o mês de novembro. O que conta é o convívio com a família e amigos!

Lisboa

Concerto Palavra Cantada

Quando: 12 e 13 de novembro
Onde: Mercado da Ribeira, Lisboa

Mais informações

Atelier de Fadas e animais do Bosques feltrados

Quando: 13 de novembro
Onde: Av. Maria lamas, 6, Parede, 2775-123

Mais informações

De Caras!

Quando: 19 de novembro
Onde: Largo de São Julião, Lisboa

Mais informações

Porto

Magusto de Estrelas – Oficina Artística (p/Famílias)

Quando: 13 de novembro
Onde: Museu FC Porto (Via Futebol Clube do Porto / Estádio do Dragão)

Mais informações

Workshop – Constrói o teu instrumento musical

Quando: 19 de novembro
Onde: Atmosfera m – Rua Júlio Dinis, nº 160 (existe estacionamento grátis com entrada pelo nº 290)

Mais informações

Workshop – Decorações de Natal

Quando: 26 de novembro
Onde: Atmosfera m – Rua Júlio Dinis, nº 160 (existe estacionamento grátis com entrada pelo nº 290)

Mais informações